Danilo Gentili, apresentador do SBT, ameaça agredir pessoas no meio da rua

1

Parece que Danilo Gentili não aprendeu nada após a condenação à prisão de 6 meses e 28 dias de detenção, em regime semiaberto, pelo crime de injúria contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS).

 

 

Danilo Gentili tem deixado de lado seu trabalho (péssimo e sem graça) de humorista e tem partido para a exposição de pessoas comuns e anônimas que discordam dele na internet. Uma das vítimas de Gentili foi a jornalista e escritora Lia Crespo, de 62 anos.

Lia Crespo convive com sequelas da paralisia infantil desde 1 ano de idade e, por isso, teve que conviver com limitações físicas desde pequena. Sempre estudando em escolas comuns, que não separavam os alunos deficientes dos não-deficientes, formou-se em Jornalismo em 1979 na Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero. Em 2000, conquistou o grau de mestre em Ciências da Comunicação (ECA/USP), com a dissertação ‘A imagem das pessoas com deficiência na mídia impressa’. Em 2005, começou o doutorado na História da USP, onde pesquisa o movimento social das pessoas com deficiência em defesa de seus direitos, do qual participa ativamente, desde 1980 e vem dedicando-se à luta contra a discriminação e pela inclusão social das pessoas com deficiências, dando palestras e participando de movimentos e encontros em todo o país.

 

 

Como prova de sua ignorância e falta de cultura, Danilo Gentili fez um post no Twitter induzindo (“Pessoal, entrem aqui nesse perfil…) seus 17 milhões de seguidores a atacarem a rede social da escritora, uma senhora de 60 anos, deficiente, simplesmente, porque, segundo ele, “esse é um dos bots (robôs)…” do Presidente Jair Bolsonaro.

 

 

Felizmente, a vergonha alheia do apresentador não durou muito porque a própria Lia Crespo fez questão de explicar que ela não era nenhum robô:

 

 

Acontece que, hoje, 15, há menos de uma semana do ocorrido, Danilo Gentili voltou a distribuir ofensas e ameaças pelo Twitter. Novamente contra um jornalista (Por que será que Danilo Gentili teme tanto jornalistas?), desta vez contra Allan dos Santos, editor do canal Terça Livre.

Após, mais uma vez, espalhar mentiras e induzir seus seguidores ao erro, Danilo Gentili afirmou que iria “socar a cara” do jornalista após o mesmo defender-se dos ataques e mentiras disseminados pelo apresentador do SBT.

 

 

 

Uma das perguntas que Danilo Gentili mais gosta de fazer é “qual o limite do humor?”, sempre fez-se de coitado e perseguido porque, segundo ele, sempre tentaram calá-lo porque não gostam ou não entendem suas “brincadeiras”.

O que talvez Danilo Gentili não tenha entendido ainda é que essa sua sanha destemperada em busca de “provar” que tem razão nas redes sociais tem ultrapassado todos os limites e que isso que ele tem feito, que nada tem a ver com humor, já encontra respaldo para defesa das vítimas na esfera cível e criminal. Danilo Gentili tornou-se aquilo que ele mais combatia e tem apontado sua mira para os alvos errados, enquanto os verdadeiros inimigos, esses sim, riem da cara dele.

Mas a pergunta que fica é: Qual será a opinião de Silvio Santos quando souber que um funcionário do SBT (“A Tv mais feliz do Brasil”, a Tv da família…) vem atacando senhorinhas e ameaçando “socar a cara” de jornalistas no meio da rua?

Ainda não dá pra saber, mas, muito em breve, a gente vai descobrir.

 

1 comment

  1. Marcel 17 novembro, 2019 at 10:46 Responder

    Você que escreveu a matéria tem a pretenção de defender a “classe” jornalística, mas faz um texto passional avaliando com seu gosto PESSOAL o trabalho PROFISSIONAL do Gentili em vez de se ater APENAS aos FATOS. Realmente, Danilo Gentili está meio paranóico achando que tudo é robô, o que não quer dizer que eles não existam, existem sim. E Danilo, assim como varias pessoas, foram E CONTINUAM sendo atacadas por milícias virtuais de esquerda e de direita, inclusive jornalistas que, pelo conteúdo do seu texto, você pretende defender. Sobre o limite do humor, na MINHA OPINIÃO, isso pode variar de humorista para humorista, que tem que se sentir confortável com o que está fazendo e se alguma pessoa se sentiu ultrajada e ferida na sua dignidade e honra pela piada, que busque reparação na justiça.

Deixe seu comentário