E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Trump faz duras críticas aos extremistas de esquerda: “Uma campanha impiedosa para acabar com a nossa história”

Evento contou com cerca de 7 mil pessoas e indicou como será a campanha de reeleição de Trump para 2022
0

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, não poupou críticas aos revolucionários de extrema esquerda que tem causado transtornos sociais em diversas partes do país. No evento realizado no Monte Rushmore, (4), para comemorar o 4 de julho, Dia da Independência dos Estados Unidos, Trump fez a seguinte declaração:

Nossa nação está testemunhando uma campanha impiedosa para acabar com a nossa história, difamar nossos heróis, apagar nossos valores e doutrinar nossos filhos“.

E seguiu:

Não se engane, esta revolução cultural de esquerda foi projetada para derrubar a revolução americana“, completou Trump.

O Monte Rushmore, local onde aconteceu a comemoração entrou na mira dos manifestantes na última semana, esculturas dos ex-presidentes dos Estados Unidos George Washington, Thomas Jefferson, Theodore Roosevelt e Abraham Lincoln estão sendo ameaçadas pelos extremistas de esquerda. Donald Trump concluiu o discurso citando “um novo fascismo” produzido pelos extremistas revolucionários.

Há um novo fascismo de extrema esquerda que exige lealdade absoluta. Se você não fala sua língua, executa seus rituais, recita seus mantras e segue seus mandamentos, então você será censurado, banido, colocado na lista negra, perseguido e punido. Isso não vai acontecer conosco”, completou Trump.

Deixe seu comentário