E-Consulters Web - Hospedagem Premium

PSL suspende atividades partidárias de deputados “Bolsonaristas”

18 deputados foram suspensos
0

Em uma rede social, o deputado federal Filipe Barros, afirmou que “o Partido Social Liberal mandou suspender as atividades partidárias de deputados leais ao presidente Jair Bolsonaro”.

Pedir transparência nas contas (do partido) e tirar o Delegado Waldir da liderança do PSL foi um dos motivos pela suspensão, segundo o parlamentar.

Segundo o site O Antagonista, 18 deputados foram suspensos, entre eles o filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, que foi punido por 12 meses. “Além de Eduardo, Bibo Nunes (RS), Alê Silva (MG) e Daniel Silveira (RJ) também foram suspensos por um ano”, afirma o site.

Deixe seu comentário