E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Partido do falecido Enéas Carneiro pede reativação do registro ao TSE

Prona quer voltar ao cenário político brasileiro
0

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu pedido para reativação de registro do Partido de Reedificação da Ordem Nacional (Prona), fundado por Enéas Carneiro, que, segundo o site Metrópoles, se autointitulava “o maior líder do conservadorismo” do Brasil.

A ação é protocolada pelo advogado Pedro Carneiro e o processo está com o ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto. A ação foi protocolada no dia 21 de novembro deste ano.

Dentre as argumentações para a reativação do partido, que se dissolveu em 2006, os defensores da sigla afirmam que “não foi dado baixa do registro no cartório de registro civil, ‘profetizando sua reativação no futuro’”.

Ainda conforme o site Metrópoles, o grupo é coordenado pelo ex-deputado federal Elimar Máximo Damasceno (que foi filiado ao Prona-SP), um dos mais próximos parlamentares ao ex-candidato à Presidência da República Enéas, que foi morto em 2007 após uma leucemia.

RANKING DA CORRUPÇÃO

O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, com base em dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, divulgou um balanço, em 4 de outubro de 2007, com os partidos com maior número de parlamentares cassados por corrupção desde o ano 2000. O Prona aparecia em último lugar na lista, com uma única cassação, empatado com Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Partido Verde (PV) e Partido Republicano Progressista (PRP).

Deixe seu comentário