E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Marco Aurélio encaminha à PGR pedido de afastamento do presidente Bolsonaro

Cabe a PGR decidir se acata ou não ao pedido
0

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, encaminhou para a Procuradoria Geral da República (PGR) o pedido de afastamento do presidente Bolsonaro. Ao votar pelo não-arquivamento do pedido, o processo tem que ser analisado pela PGR.

A notícia-crime foi apresentado pelo deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG) e afirma que Bolsonaro “tem conduta irresponsável e tenebrosa e criminosa” e pede o afastamento do presidente por 180 dias.

O deputado petista afirmou que “a notícia-crime relata mais de 20 vezes em que o presidente pôs o país em risco” e criticou as decisões do presidente em como lidar com o Covid-19.

Se a PGR acatar o pedido e encaminhar ao STF, a Câmara será consultada para autorizar ou não o seguimento da ação penal e, em caso positivo, Bolsonaro será afastado por 180 dias. Em caso de crime transitado em julgado, o presidente perde seu mandato.

Deixe seu comentário