E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Ex-assistente e delator de Cristina Kirchner é encontrado morto com sinais de tortura

A coligação opositora Juntos por el Cambio afirmou em comunicado que a morte de Gutiérrez é "um crime de extrema gravidade institucional"
0

O ex-secretário de Cristina Kirchner, Fabián Gutiérrez, teve seu corpo encontrado neste sábado (04) com sinais de asfixia na região de El Calafate. Gutiérrez foi preso em 2017 por lavagem de dinheiro e cumpria o resto de sua pena em liberdade.

Durante o processo, Gutiérrez resolver delatar a atual vice-presidente da Argentina, afirmando que a mesma recebiam sacos, possivelmente com dinheiro, e os guardavam em um lugar secreto na Patagônia.

Segundos o Infobae, o cadáver estava desfigurado, apresentando sinais de tortura, três corte no pescoço e dois golpes no crânio.

Deixe seu comentário