E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Empresa da Galileia desenvolverá uma vacina contra o coronavírus em 90 dias

Informações foram divulgadas nesta terça-feira (25), pelo ministro da ciência e tecnologia.
0

Em entrevista realizada nesta última terça-feira (25), o ministro de ciência e tecnologia de Israel, Ofir Akunis, anunciou que a MIGAL GALILEE RESEARCH INTITUTE, empresa situada no norte do país, desenvolverá uma vacina inicial contra o COVID-19 (coronavirus) em um prazo de três semanas, e uma versão definitiva em aproximadamente noventa dias.

“Parabéns ao MIGAL por este avanço emocionante”, disse Akunis. “Estou confiante de que haverá um progresso rápido, permitindo-nos fornecer a resposta necessária à grave ameaça global”, completou Akunis, referindo-se à doença disseminada mundialmente nas ultimas semanas.

Akunis disse que solicitou o diretor-geral de seu ministério que acelerasse todos os processos de aprovação com o objetivo de levar a vacina humana ao mercado o mais rápido possível.

“Dada à necessidade global urgente de uma vacina contra o coronavírus humano, estamos fazendo todo o possível para acelerar o desenvolvimento”, disse David Zigdon, CEO da MIGAL. “A vacina pode “obter aprovação de segurança em 90 dias“, completou.

O intuito é criar uma vacina oral, tornando-a particularmente acessível ao publico, principalmente de baixa renda”, salientou Zigdon.

A rapidez no desenvolvimento da vacina contra o COVID-19 deve-se ao fato de que, nos últimos quatro anos, uma equipe de cientistas do MIGAL já vinha buscando uma vacina contra o vírus da bronquite infecciosa (IBV), que causa uma doença brônquica em aves. A eficácia da vacina foi comprovada em ensaios pré-clínicos realizados no próprio Instituto.

Deixe seu comentário