E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Dono de relojoaria que viralizou após dar relógio para engraxate é notificado pelo MP por apologia ao trabalho infantil

No Brasil é assim, as boas ações são alvo de notificações
1

No início de agosto, viralizou um vídeo de um dono de relojoaria que presenteou um engraxate com um relógio e o incentivou a continuar trabalhando. Após isso, o empresário, Paulo César da Silva, de 51 anos, foi notificado pelo Ministério Público por uma suposta apologia ao trabalho infantil e teve que assinar um Termo de Ajustamento de Conduta para não ser processado.

É difícil achar uma palavra para definir essa atuação desastrosa do MP. As boas ações no Brasil são alvos de notificações, já os crimes, normalmente ficam impunes.

Deixe seu comentário