E-Consulters Web - Hospedagem Premium

“Deixamos claro que a maior parte dos movimentos não votou em Bolsonaro e fomos muito bem recebidos” – afirmou o Líder da Aliança Nacional LGBTI+

0

Em encontro na sede de transição do governo, líderes de 34 organizações da comunidade LGBT, conversaram com a futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

Os líderes entregaram uma carta com o tema “O que queremos do Estado brasileiro”, que trata de diversas pautas relacionadas a direitos humanos, educação, saúde, emprego, segurança pública da comunidade LGBT.

O líder da Aliança Nacional LGBTI+, Tony Reis, afirmou que:

“Deixamos claro que a maior parte dos movimentos não votou em Bolsonaro e fomos muito bem recebidos.”

A futura ministra em nota afirmou que:

“Abre-se uma porta de diálogo entre a comunidade LGBTI+ e o governo Bolsonaro”.

Deixe seu comentário