E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Comentário agressivo do G1 causou revolta de internautas e protestos

No último sábado, (7), a página do portal no Facebook ofendeu o garotinho que desfilou com Jair Bolsonaro.
0

Apesar do reconhecimento da autenticidade do comentário e pedido de desculpas horas depois do ocorrido, os internautas não perdoaram a atitude e criaram hashtags (#G1imbecil e #G1lixo) em protesto conta o comentário contra Ivo César Gonzalez, 9 anos.

Ivo estava com seus pais assistindo a cerimônia, quando Bolsonaro, de dentro do Rolls-Royce, acenou e um dos seguranças carregou o garoto até o carro presidencial que desfilava em comemoração ao dia da Independência do Brasil, em Brasília.

Além de conhecer Bolsonaro, Ivo acompanhou a sequência do desfile na tribuna presidencial, onde conheceu outras autoridades do governo como o Ministro Sérgio Moro. Na manhã desta segunda-feira, (9), Moro publicou uma foto com Ivo em seu perfil no ‘Twitter‘. 

O “Movimento Advogados do Brasil”, grupo que conta com cerca 5 mil advogados, repudiou a conduta do G1 e se colocou a disposição da família para uma eventual medida judicial contra o portal. 

Em nota, o G1, afirmou que vai “tomar medidas cabíveis” sobre o ocorrido.

“A conta do G1 no Facebook foi indevidamente utilizada para um comentário ofensivo em um post sobre o menino que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro no desfile de 7/9. O G1 repudia o uso de sua conta e anuncia que vai investigar o ocorrido e tomar as medidas cabíveis”.

 

Deixe seu comentário