E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Carniceiros digitais

0

Por que vocês insistem em politizar até a morte de uma criança? Por que é tão difícil vocês respeitarem a dor de uma família que acabou de perder seu ente? Não entendo porque cobram tanto a empatia e na primeira oportunidade jogam o próprio discurso no lixo! Não costumo apreciar este tipo de pauta, mas devido à postura nojenta de outrem me sinto quase que obrigado a comentar.

Agatha Vitória, 8 anos, foi vítima da violência que há anos assola o Rio de Janeiro. Na última sexta-feira,(20), a garotinha estava na Fazendinha, no Complexo de Favelas do Alemão, dentro da kombi do seu avô e foi atingida nas costas. Ela foi socorrida, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Em nota, a PM afirmou que “equipes policiais da UPP Fazendinha foram atacadas em várias localidades da comunidade de forma simultânea”, sendo assim, “revidaram a agressão e houve confronto”. Ainda segundo a nota, “os polícias receberam a informação de que um morador havia sido baleado”. As armas dos policiais envolvidos na operação devem passar por perícia nos próximos dias, de acordo com a Polícia Civil.

Os “moralistas” da esquerda, eles fecham os olhos para uma situação que não vai beneficiar seu discurso, é claro, enquanto “arregala” para aquele tipo de situação que não cabe falar de pauta entre esquerda e direita. Já não bastasse o sofrimento de familiares e amigos, os “carniceiros digitais” não perderam a chance de politizar a morte da garotinha Agatha. Dois PMs foram mortos também no fim de semana, um deles, no Complexo do Alemão. Não, meus senhores, não é pedindo o fim da polícia militar, não é procurando um culpado, que não seja o tráfico e seus financiadores de todas as classes sociais, pela morte seja da Agatha ou dos PMs, não é criando uma narrativa suja, especulando situações A ou B para falar de uso recreativo da maconha e só assim a “cidade maravilhosa” irá eliminar toda violência.

Não é com esse raciocínio imundo, limitado da bolha que a violência terá seu fim, enquanto acontecer de cada um olhar para o próprio umbigo, continuará morrendo inocentes e gente oportunista ganhará seus minutinhos de fama com a militância desumana.

Deixe seu comentário