E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Animais debilitados, e que resgate não é possível, são sacrificados em Brumadinho

0
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais publicou uma nota informando que os animais vitimas do rompimento da barragem no Córrego do Feijão são “acompanhados pela Vale e por órgãos atuantes nas esferas federal e estadual.”

Na nota oficial, a coordenadoria afirma que existem animais que não tem condições de serem resgatados com vida devido ao “estado e características do local do desastre”. O órgão assegura que para esses animais, “uma equipe de veterinários está apta a realizar a eutanásia por meio de injeção letal.”

O comunicado diz que “em nenhum momento houve autorização por parte do Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil para o abate de animais aleatoriamente ou por meio de métodos em desacordo com as normas”.

Ademais, a nota informa que a eutanásia é um procedimento realizado apenas por médicos veterinários e em casos extremos — “quando é constatado que as condições de bem-estar e saúde dos animais encontram-se irreversivelmente comprometidas e sem possibilidades de recuperação.”

Leia a nota oficial abaixo.

]]>

Deixe seu comentário