E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Alerj vai homenagear sniper que matou sequestrador na Rio-Niterói

Projeto de lei foi aprovado na última terça-feira (10), o ato realizado pelo atirador preservou 37 vidas que o sequestrador mantinha como reféns
0

O Sargento que finalizou o sequestrador na ponte Rio-Niterói vai receber a “Medalha Tiradentes”, que é a maior honraria concedida pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

O sniper atirou e colocou fim no sequestro que durava mais de 4 horas e colocava a vida de várias pessoas em risco.

O projeto foi apresentado em conjunto pelos 12 deputados do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, na casa. Em contrapartida, deputado Luiz Paulo, do PSDB, justificou sua abstenção e disse não ser favorável a homenagem para “não expôr” o atirador.

Entretanto, deputado Filippe Poubel, do PSL e um dos autores do projeto, explicou que a honraria deve ser entregue ao comandante do BOPE e não ao sargento. Para reforçar, Poubel citou a homenagem realizada pela Câmara de Niterói a policiais militares, porém nenhum deles compareceram e todos foram representados pelo comandante para não expôr os policiais.

Deixe seu comentário